Terça-feira, 24 de janeiro de 2017 às 18:43 em Novidades
Veja como surgiu o termo selfie

Estima-se que a palavra selfie (que significa, basicamente, tirar uma foto de si mesmo) já era usada em outros países no início dos anos 2000, mas foi em 2003 que pesquisadores dos dicionários Oxford encontraram a sua origem. Acredita-se que tudo começou em um fórum australiano e o que dá embasamento a essa tese é que os linguistas afirmam que a inclusão do sufixo "ie" é algo típico na linguagem australiana — usado como diminutivo —, o que aumentou ainda mais a possibilidade de ter sido lá que a palavra ganhou força.

Desde então, ela tem sido amplamente utilizada em todo o mundo, tendo como única diferença o sotaque ao ser pronunciada. Os autorretratos também viraram moda e, onde quer que estejam, as pessoas se acostumaram a registrar o momento em selfies. Pode ser em uma festa, um passeio e até em momentos delicados, como em uma cirurgia. Sim, isso realmente aconteceu e foi na cidade de Perugia, na Itália. A equipe médica tirou uma selfie com o paciente  momentos antes da cirurgia, mas dias depois ele teve complicações e faleceu. Os advogados da família do paciente entraram com um processo contra o hospital e usarão a foto como recursoTambém se tornou comum ver notícias em que pessoas até morreram ao tirar uma selfie. Um caso recente foi o do artista plástico Pierre Freitas, que fazia uma trilha na Serra do Carmo, em Palmas, capital do Tocantins. Ao subir em um local alto para tirar a foto, ele escorregou e caiu de uma altura de 70 metros.

Em outras situações, as pessoas se preocupam mais em tirar um bom retrato do que aproveitar o momento com os amigos e familiares.

O ser humano tem a necessidade de eternizar momentos importantes, afinal isso é um registro para a história da humanidade e pessoal de cada um. Mas, na era moderna, se tornou um exagero a necessidade de, a todo custo, expor a própria vida e mostrar para todos o que se tem ou o que se está fazendo.

O mais importante

Precisamos ter sabedoria e, acima de tudo, guardar em nossa mente o que é mais importante e impossível de ser registrado para que outros vejam: o relacionamento com Deus. Busque-O a cada dia e mantenha a sua Salvação, pois ele não precisa de registros, lembrará de tudo o que fizemos e isso é o que importará no dia do Juízo Final:

Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em Teu nome? E em Teu nome não expulsamos demônios? E em Teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. Todo aquele, pois, que escuta estas Minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha.” Mateus 7:22-24

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE